Skip to main content








positivo-negativo

Se o coitadinho soubesse como é bom ser poderoso, seria sempre poderoso para nunca mais se sentir um coitadinho.

Por Leila Navarro

São 6:30 da manhã, o despertador toca. De um lado temos duas pessoas em localidades distintas:

Uma é extremamente pessimista, desmotivada e acorda se arrastando pelos cômodos da casa. De outro temos uma pessoa extremamente positiva, automotivada que acorda agradecendo por mais um dia de vida e grata pelas oportunidades que a vida tem oferecido.  Temos, portanto, dois personagens principais na história que vou contar a seguir. Vamos chamar cada um desses personagens de pessoa coitadinha e pessoa poderosa.

A coitadinha ao preparar o café da manhã questiona a vida que vem vivendo reclamando do martírio que é viver. A poderosa prepara o café da manhã cheia de ideias para um dia que está apenas começando e mentaliza boas vibrações para o que está por vir.

Os afazeres são diversos: limpar a casa, cuidar dos bichos de estimação, tomar banho, se trocar, sair para trabalhar, malhar, ir ao banco, ao supermercado e preparar a janta no começo da noite.

A pessoa coitadinha chega ao trabalho e desmorona em sua própria mesa ao ligar o computador. Ela está triste, não se sente feliz no trabalho que está desenvolvendo porém não faz nada para sair desta situação. Já a pessoa poderosa chega chegando emitindo um belo bom dia a todos os seus companheiros. Pega um café, liga o computador e pensa na quantidade de ideias que teve no início da manhã e como coloca-las em perspectiva nos projetos a seguir.

No horário de almoço, a pessoa coitadinha come muito rapidamente e encontra um canto para tirar um cochilo. Já a pessoa poderosa mesmo se sentindo cansada, aproveita o horário de almoço para refletir melhor sobre as ideias que teve pela manhã. Ela acaba de ter um insight que pode trazer grandes resultados nas demandas que é responsável e não quer de jeito nenhum perder o raciocínio.

Às 18h a pessoa poderosa termina um grande projeto e graças a sua criatividade sempre em alta, tem seu esforço reconhecido pelo chefe que diz:  “muito bem, este é o caminho!”. O mesmo acontece com a pessoa coitadinha com a diferença que esta entregou apenas o mínimo necessário, mas isto não alcança o esperado por seus superiores que dizem: “está ok, mas esperávamos mais de você.”

No começo da noite, ambas partem para seus lares separadamente. A pessoa poderosa se sente orgulhosa de si mesma pois mesmo em um dia corrido, com tantos afazeres e demandas, conseguiu terminar o dia com chave de ouro.  A pessoa coitadinha volta para casa frustrada, pior do que estava quando começou o dia e questiona por que não teve um bom dia.

Moral da história: o pensamento e a palavra têm poder! Não importa o quão difícil seja o seu dia, não há por que sofrer por antecipação. Se você começa o dia com vontade de vencer, a probabilidade é que você vença. Agora, se você começa o dia esperando pelo pior, dificilmente triunfará no fim do dia.  O dia quem faz é você. Problemas sempre existirão mas mais importantes que os acontecimentos das nossas vidas é a atitude que teremos perante à eles. Costumo dizer: “pensou grande, realizou grande. Pensou pequeno, realizou pequeno”.  O que faz o seu dia positivo ou negativo é o quão comprometido você está com o seu sentido de vida. Se você acredita em você e no seu potencial, os problemas não pararão você, eles servirão como combustível para você alcançar os seus objetivos.

Será que não é hora de olhar a vida com outros olhos? De passar a olhar para os acontecimentos como uma pessoa poderosa que não teme aquilo que não sabe mas está sempre pronta para o que der e vier? Depende de você, única e exclusivamente de você. Pense nisto!

 

Conectada às Redes

http://www.leilanavarro.com.br/blog/

https://www.facebook.com/leilanavarro

https://twitter.com/leila_navarro

http://www.youtube.com/leilanavarro

http://br.linkedin.com/in/leilanavarro

http://pt.slideshare.net/leilanavarro

 

 

Comente também via Facebook!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free