Skip to main content








palestra_online

Palestra online: um aprendizado incrível para cada um de nós!

Falar sobre o poder da superação sem exercitar essa habilidade é impossível. Por isso aceitei o desafio de fazer a minha primeira palestra online. E foi incrível! O número de participantes superou as minhas expectativas. Recebi tantas perguntas, sugestões e críticas que me ajudaram a enxergar novas possibilidades. A interação com as pessoas é sempre formidável! Mas, com tantas perguntas durante a palestra não foi possível responder a todas, mas, olha aí uma oportunidade! Decidi criar um espaço no blog para responder com todo o carinho a todas as perguntas. Não vai dar para fazer isso de uma só vez, mas, aos poucos responderei com toda atenção a todas elas. Então, para começar, seguem as primeiras perguntas. A partir de cada questão, você pode encontrar as respostas que procurava para a sua vida. Já pensou que a dúvida do outro pode ser o trampolim para a sua transformação? Então, vamos em frente. Acompanhe as postagens no blog e desperte-se para um novo modo de enxergar as coisas ao seu redor.

Como saber se realmente vale a pena a mudança na sua vida?

Essa é uma questão muito pessoal, mas tenho aqui algumas perguntas importantes que pode ajudá-lo a perceber algumas coisas: você está feliz com a vida que está vivendo? Você é reconhecido por sua atuação profissional, pessoal ou em seus relacionamentos? Se você ganhasse na loteria federal hoje mudaria muita coisa na sua vida? Você tem sonhos e grandes objetivos? Vale a pena você permanecer na posição atual ou tentar uma nova forma de encarar as circunstâncias? Lancei há alguns meses o livro Autocoaching de Carreira e de Vida e nele ressalto a importância de fazermos perguntas diariamente para nós mesmos. As perguntas são extremamente importantes para que saibamos o que realmente somos e queremos da vida. O que você quer para o seu futuro está de acordo com as suas iniciativas hoje?

Tenho muita experiência na área em que estou procurando emprego, mas nunca dá certo.

Se isso acontece com frequência, então alguma coisa deve ser mudada no seu perfil. O mercado está cada vez mais competitivo e receptivo a novas ideias, novas experiências e novas formas de fazer as mesmas coisas de forma diferente em busca de resultados cada vez melhores. Com isso, o meu e o seu perfil profissional deve corresponder às exigências do mercado e ao modo como enxergamos a vida. Se determinado segmento profissional não está acolhendo o seu perfil, então, será que as suas competências e habilidades estão alinhadas ao que você deseja para a sua vida. Às vezes, permanecemos na mesma tecla quando o mundo está mostrando novos caminhos. Será que não é esse o seu caso? Pense nisso!

Eu tenho mania de guardar papel, livros, difícil de desapegar o que eu faço?

Desapego. Essa é a máxima importantíssima para dar espaço na vida, nos relacionamentos e na mente para coisas novas. Durante a palestra online eu comentei da época em que fiquei anos com livros sobre a minha primeira atuação profissional que foi fisioterapeuta. Eu já havia mudado de área, já atuava como palestrante há anos, quando percebi que todo aquele arsenal de livros, apostilas e documentos específicos da área de saúde não me servia mais. Eu já não tinha espaço físico, nem emocional para eles na minha vida e decidi doá-los para um rapaz que estada na faculdade de fisioterapia. Confesso que após a minha decisão, bateu um desejo de recuar, mas mantive o propósito e a satisfação de fazer outra pessoa feliz foi indescritível. O rapaz precisava muito de algo que já não servia para mim. Aí percebi o que chamo hoje de VLP (Veja o lado positivo) da situação. Com “espaço” livre eu avancei na área que me fazia feliz e cresci. Desapegar é um exercício constante que deve ser considerado mesmo nas pequenas coisas. No início pode ser difícil, mas ao quebrar barreiras você perceberá o quanto é importante desfazer do que não serve mais.

Como podemos lidar com os coitadinhos, para ajudá-los a seguir no caminho da superação?

A primeira regra é não tratá-lo como um coitadinho. As pessoas com essa postura se alimentam da piedade alheia e estimular isso só faz o sentimento de autopiedade aumentar. Para fazer uma pessoa superar isso é preciso ressaltar com sinceridade as qualidades dela e estimulá-la a descobrir suas habilidades e competências. Isso pode ser estimulado, mas depende mais da força de vontade do “coitadinho” que dos esforços externos.

Gostaria de saber qual a técnica que você utiliza para se superar sempre?

Exercito as cinco etapas da superação. A primeira delas é a negação. Existem momentos em nossa vida que, num primeiro momento, não aceitamos determinado acontecimento, seja ele em que esfera for. Pode ser a morte de um ente querido, a perda de um emprego, o rompimento de um relacionamento… A segunda etapa é a raiva. Independentemente de aceitar ou não o acontecimento, surge a raiva que nem sempre deve ser considerada negativa. Assim como todas as outras emoções, a raiva também tem o seu lado positivo. Quando a pessoa entende isso, ela não rejeita o sentimento. Depois vem a tristeza. Assumir a tristeza não quer dizer que uma pessoa seja infeliz. Ela pode viver o “momento triste” sem ser necessariamente triste. Depois dessas etapas é que surge a mudança e a superação. Agora é importante entender que cada fase pode ser vivida intensamente, desde que ela não seja barreira impulsionar à mudança. A superação surge quando eu aceito cada etapa e busco a transformação de estado e de mente em cada uma delas.

Sou uma pessoa tímida e gostaria de dar aula, como superar este bloqueio de falar em público?

Hoje existem no mercado diversos cursos voltados justamente para pessoas que desejam falar em público. Você já pensou em buscar uma dessas alternativas? Independentemente da sua resposta uma coisa é certa. Quanto mais segurança você tem na sua capacidade de desenvolver um trabalho, mais bem preparada estará para enfrentar as barreiras. Você se considera uma pessoa tímida, mas gostaria de dar aulas, então, o que está fazendo para que isso aconteça? Tem se preparado para atuar na área de deseja? Tem conhecimento suficiente para transmitir a outras pessoas. Pode parecer bobagem, mas um exercício interessante para a quebra da timidez de falar em público pode começar dentro de casa, com a família ou parentes próximos. Mesmo que eles não saibam das suas intenções, procure expor suas opiniões, narrar algum episódio interessante que vivenciou e defender ideias. Fazendo isso com frequência, aos poucos você se sentirá uma pessoa mais segura e confiante, o que faz minar a timidez e a vergonha de falar em público. Comece hoje mesmo a fortalecer o sua autoconfiança e terá resultados incríveis.

Um beijo e até o próximo Leila Responde!

Leila Navarro

Comente também via Facebook!

Comentários

4 comentários em “Palestra online: um aprendizado incrível para cada um de nós!

  1. Olá Leila!
    Super valeu sua iniciativa de compartilhar seus conhecimentos numa palestra gratuita na web, mostra sua generosidade, grande oportunidade de conhecer você melhor: uma mulher simples e competente.
    Achei o tema interessante, mas poderia ter sido melhor desenvolvido.
    Você fala muito rápido, não dá para entender direito, nem acompanhar seu raciocino, respire entre as palavras / frases.
    O boneco é muito chato, interrompe você a toda hora (e a nós também, fazendo perdermos o raciocino), não dá para entender direito o que ele fala, intervenções inoportunas.
    Tempo de duração: muito tempo para aguentar tanta chatice
    Se eu assistiria de novo?
    Se tirar esse boneco chato e você focar mais no assunto, sim.
    Quer deixar dinâmico: coloque um pequeno vídeo, metáforas, perguntas.
    O tadinho tá desempregado? Arruma outra coisa pra ele, aí não vai dar não.
    Ele consegue ser mais chato do que o Louro José (e olha que o bicho é chato)
    Sem o boneco chato teria mais tempo para perguntas.
    Achei um bate-papo entre vocês, muito chato, sem profundidade, a mim acrescentou quase nada.
    Foi o primeiro, tenho certeza que você vai melhorar para o próximo, não é mesmo?
    Sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free