Skip to main content








O que se pode aprender na Índia?

Gente, gente, gente!
Poderoso, poderosa!

Você já fez uma viagem sabática? Sabe o que pode significar na sua vida? Bom, para começar vale a pena dizer que viagem sabática é um período para parar e refletir, pensar, descansar, curtir, olhar as coisas sob outra perspectiva e dimensão. Nesse tempo, posso avaliar o que sou e o que eu posso ser, criar uma nova condição para o equilíbrio mental, físico e espiritual. É uma verdadeira revisão da alma e exercício de coragem para perceber o novo!

Para mim isso é tão fantástico que estou estou em contagem regressiva para a minha quarta visita sabática à Índia e, desta vez, vou levar comigo um grupo de pessoas que deseja experimentar uma nova forma de aprendizado. Eu já estive três vezes no país e em cada viagem vivenciei experiências incríveis!

Dessa vez eu vou como coah de um grupo e meu objetivo é ser intermediária de um mergulho intenso para que cada um possa repensar a vida, reestruturar valores, reavaliar critérios e posicionamentos diante do mundo. Será algo fora do convencional e bem diferente dos roteiros turísticos possíveis de adquirir em qualquer agência de turismo.

Em 2005 fui para reencontrar o meu feminino e, daí, surgiu o livro “Grandes egos não cabem no avião”. Em 2006 a minha busca era mais profissional. Tinha interesse em conhecer de perto o “Clube do Riso” em Mumbai (já que trabalhava com terapia do riso em minhas palestras) e conhecer também os trabalhos que desenvolveram Madre Tereza de Calcutá e Vicente Ferrer, pois aprofundava meus estudos e pesquisa em inclusão, responsabilidade social e sustentabilidade.

Em 2011, na terceira viagem à Índia, a minha busca foi por paz interior, a verdadeira felicidade e tudo que pode vir daí…

Escolhi a Índia para essa viagem sabática em grupo porque é um país que eu já conheço bem e lá tem energia Yin enquanto o Brasil tem uma energia Yang. Outro detalhe importante é que a Índia faz parte do BRIC que, em economia é a sigla que se refere a Brasil, Rússia, Índia, China, que se destacam no cenário mundial como países em desenvolvimento e, ainda, tem uma cultura completamente diferente da ocidental, o que faz com que as pessoas possam aprender literalmente a sair da caixa e ter experiências singulares.

Ao chegar à Índia a primeira experiência do grupo será um ritual de desapego da cultura, crenças, paradigmas, culpas, medos… Cada pessoa irá se despir de seus conceitos ocidentais para mergulhar profundamente nessa viagem oriental. Depois, devidamente acompanhados e orientados, seguiremos às compras para adquirir as novas roupas, sem excessos ou consumismos. Durante a estada no país todo o grupo deve se vestir como os indianos e terá a oportunidade de vivenciar experiências locais bem interessantes.

Talvez você esteja aí pensando: qual a diferença entre um pacote turístico e uma Viagem Sabática com Leila Navarro? Ah! Pode contar que tem muita diferença. Em uma viagem turística a proposta é conhecer os belos lugares da região, seguir rotas para divertimento e lazer, sem compromisso com qualquer tipo de aprendizado. A viagem sabática com Leila Navarro é um tempo de introspecção (a Índia propicia isso), um novo olhar para dentro de si, mas também uma viagem de “outrospecção”, que significa se colocar no lugar do outro, enxergar o mundo com o olhar e o ponto do vista do outro. Por isso a mudança de roupas é muito importante. Essa não é uma viagem de comparação ou julgamento, mas um tempo para exercitar o entendimento e a compreensão das várias realidades existentes no mundo.
Cada participante, no seu tempo, poderá experimentar, entre outros sentimentos e sensações, estados de compaixão, a consciência, a humildade, a tolerância, a simplicidade, a feminilidade, a espiritualidade, o silêncio e, ao mesmo tempo, vivenciar de perto o caos. A Índia proporciona uma vivência profunda no verdadeiro sentido do que se entende por paradoxo. É um lugar que não se deve ter a pretensão de entender nada e sim viver e ser transformado.
Poderoso, poderosa! Essa viagem é fascinante e acontecerá entre o dia 20 de fevereiro e 08 de março de 2014. Se você gostou da ideia, ainda dá tempo de você se organizar.

Vale a pena conhecer a Índia! Vale a pena aprender com a Índia! Vale a pena fazer um mergulho de autoconhecimento na Índia! Are baba!

Quer saber mais sobre Viagens Sabáticas com Leila Navarro? Clique aqui

Comente também via Facebook!

Comentários

4 comentários em “O que se pode aprender na Índia?

  1. ADORARIA IR,QUEM…ACREDITO NO IMPOSSIVEL,POSSIVEL,SEMPRE,DE QUALQUER FORMA DESEJO DESDE JA UMA FELIZ VIAGEM,MUITO LEGAL MESMO ,SOU SUA SEGUIDORA,MAS AINDA NAO LI UM LIVRO SEU,UM ABRAÇO

  2. Olá Leila, é um prazer ter você em pleno século 21, admiro muito sua personalidade. No entanto o que me chamou a atenção foi que no sumo texto ha uma passagem falando do BRICs, sim tem um -S- por que Africa do sul também faz parte, achei relevante te esclarecer o fato. Muito obrigado e te desejo muita sorte e prosperidade. ( Um beijo do magro !!!)

  3. Leila, gostaria de fazer essa viagem a india.
    gostaria antes de receber algum preparo, sou reikiana iniciante mas nao conheço nada ainda.
    pode me enviar informações da viagem e desse preparo anterior tbm?
    gratidao
    _/|\_

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free