Skip to main content








525932_551625654867219_380307072_n

A autoconfiança faz toda a diferença!


Faltam poucos dias para a virada do ano, muita gente já está em contagem regressiva para o início de férias ou recesso, mas ainda quero compartilhar algo muito importante. E, que pode fazer muita diferença para seus projetos em 2014. Tenho observado uma movimentação bem interessante no mundo corporativo. Atuo como palestrante profissional há 15 anos, mas me comporto e trato a minha carreira como se eu tivesse um ou dois anos de presença ativa no mercado. Se eu não permanecer atenta, a diferença entre a minha marca profissional e a de um profissional com pouco tempo de carreira, pode ser zero.

O tempo de caminhada profissional deixou de ser garantia de posicionamento. Tem muito profissional novinho de idade e de experiência, mas com uma capacidade tremenda de fazer conexões e associações extraordinárias. A habilidade com tecnologia e o acesso ao conhecimento gerado na internet estreita mundos, realidades, sociedades e geram novas possibilidades, o que justifica o surgimento de tantas inovações! Uma boa parte dos jovens dessa nova geração tem o empreendedorismo nas veias! A maioria trabalha por um ideal e não tem medo de desbravar o novo. Isso faz muito diferença! Mas esse comportamento não deve ser encarado como ameaça pelos profissionais mais maduros e sim como perspectiva de novos negócios, nossas possibilidades! A questão é a perspectiva que cada um se coloca!

A autoconfiança é uma habilidade muito importante para todo e qualquer profissional e pode ser um grande diferencial, que é desenvolvido com exercício e treino. Pense em um jogador de basquete! Ele precisa treinar lances, aperfeiçoar técnicas, ser persistente e ter autodisciplina! Investe tempo para ter excelência e conquistar vitórias. A autoconfiança se adquire cada vez que uma pessoa/profissional reconhece um acerto, um aprendizado.

O meu termômetro para avaliar se devo continuar investindo em um negócio parte de três princípios: estou me divertindo, estou aprendendo e estou ganhando dinheiro. O divertimento é o prazer da alma na matéria, aprender é o desenvolvimento como ser humano, ganhar dinheiro significa que as pessoas precisam do que sei e faço. Tudo isso tem um propósito, mas torna-se uma condição simplista se não for alicerçado em valores, sentido de vida e amor, então não vale a pena. Você já pensou nisso?

Pois é! Nesses últimos dias do ano, reflita sobre isso! Mais que tempo de carreira, o sucesso hoje exige urgência, consciência constante e o saber lidar com todas as exigências de um mercado altamente competitivo com qualidade de vida. Haja desafio! Mas, vale a pena.

Boas Festas!!!

Comente também via Facebook!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free