Skip to main content








Permita-se experimentar.

A flexibilidade necessária para contornar os obstáculos que você encontra no caminho da realização e tem muito a ver com a permissão que dá a si mesmo de experimentar. Geralmente batemos cabeça para contornar uma situação porque não arriscamos uma nova maneira de agir, diferente do que estamos acostumados a fazer. Percorrer caminhos conhecidos, porém, não nos levará a lugares novos.

Para experimentar, precisamos ter coragem. Coragem não é a ausência de medo e sim o enfrentamento do medo. O medo nos encastela em nossos limites e nos impede de viver aquilo que mais desejamos. Muitos desses medos nem sequer são reais, são ilusórios, baseados em suposições do que de mais desastroso pode acontecer – pensamentos que criam barreiras emocionais em nosso íntimo.

Mas, o mais importante de tudo isso é que da mesma forma que criamos nossos medos, podemos vencê-los. Não é preciso envergonhar-se de seus medos. Reconheça-os para você mesmo e já terá dado o primeiro passo para vencê-los. Permita-se experimentar! Ninguém pode garantir que dará certo, mas, se você errar o alvo, poderá experimentar de novo. É aquilo que eu sempre digo: ou acertamos ou aprendemos!

Sentir medo faz parte desse processo! Aliás, o medo também tem o seu lado positivo! Para você refletir melhor sobre isso e pensar nas grandes possibilidades que você tem para experimentar o novo, assista ao vídeo que preparei especialmente para falar sobre “O lado positivo do medo”.

Eu espero que esses toques ampliem seus horizontes e, assim, possamos ajudar o mundo a experimentar-se!

E comece a fazer isso agora mesmo! Se você gostou deste post, compartilhe com alguém e também coloque as suas ideias sobre este assunto. Você já pensou na possibilidade de transformar vidas apenas com a exposição das suas ideias, pensamentos e observações?

Comente também via Facebook!

Comentários

7 comentários em “Permita-se experimentar.

  1. Gostava muito de conhecer a Leila Navarro. Gostava muito de fazer, tudo o que tiver ao meu alcance, para que, a Leila volte a Portugal.E tenho a certeza absoluta, que a Leila, faz falta ao meu País. Faz muita falta a… Portugal…!
    Obrigado por tudo!
    João Carlos Morais da Ericeira

  2. Acho ótimo teus trabalhos…gostaria de saber valores para adquirir teu material. Trabalho com cursos e palestras…
    Obrigada.
    Rosangela Medeiros

  3. Oi Leila, adorei suas dicas. Espero coloca-las em pratica na minha futura profissão, que é técnico de segurança do trabalho. E com isso me superar.

  4. Olá, poderosa!
    Obrigada pelo carinho. Estou com saudades de Portugal. Esta apenas faltando mais um convite para meu regresso, hehehe.
    Certamente estarei de volta a este país maravilhoso em breve.
    Obrigada mais uma vez pelas palavras, é realmente muito gratificante para mim.
    Um grande abraço, Leila Navarro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free