Skip to main content








Lideres e gestores, todos temos que ser palestrantes motivacionais!


Não é possível, hoje em dia, estar no mercado de trabalho, no mundo corporativo, sem desenvolver sua capacidade de motivar sua equipe através de uma apresentação, de uma palestra ou um discurso. Afinal, como levar à equipe suas novas idéias, seus novos projetos? De uma certa maneira você, em qualquer posição que esteja na empresa, no seu negócio ou na vida social, acaba tendo que enfrentar situações como esta. E, nesta hora, você tem que estar, como dizem os espanhóis, “lista”. Pois vou lhe dar uma série de dicas que vai fazer de você um verdadeiro sucesso neste tipo de situação.

Então anote aí:
Reconheça. Não tenha receio de elogiar o que está bem feito. Não economize reconhecimento. É importante que você comente em público aquele trabalho exemplar, citando inclusive o responsável. Só se atente para não causar rivalidades.
Seja claro e concreto. É importante ilustrar as idéias com vários detalhes, exemplos, estatísticas e anedotas de apoio, pois você deve garantir que sua equipe realmente está entendendo aquilo que você está transmitindo.
Utilização de exemplos. Além de ser uma das técnicas mais usadas para fixar a atenção da platéia, facilita a compreensão das idéias transmitidas.
Entrada impactante. Eu sempre digo que você ganha o público nos 5 minutos iniciais de uma palestra e nos 5 minutos finais desta. Em um discurso ou em uma reunião não é diferente. Por isso, planejar essa entrada é importante. Começar com uma frase de efeito, por exemplo, é uma forma surpreendente e diferente que sua equipe não deve estar acostumada a lhe ver fazendo.
O Tempo. De acordo com alguns estudiosos, você não deve passar de 30 minutos transmitindo a mensagem a sua equipe e também não deve ter menos que 3 minutos discursando. Atente-se que, se o tempo for muito extenso, sua equipe pode ficar desinteressada e cansada, e que, ao contrário, se for muito curto, algumas pessoas podem não entender a mensagem adequadamente.
Sentido de humor. É sabido que, segundo pesquisas científicas, o humor traz cumplicidade e proximidade entre as pessoas, ajudando a motivá-las. Portanto, procure usá-lo na entrada do seu discurso para atrair a atenção ou no meio para manter o interesse. Basta introduzir uma piada ou uma brincadeira que tenha a ver com o assunto.
Fomentar o trabalho em equipe. Palavras mágicas como “estamos juntos nisto”, “vamos conseguir”, etc, transmite a confiança que se deposita na equipe, a valoriza, deixando os membros desta mais motivados.
Perguntas sem respostas. Perguntas do tipo “O que mudou?” e “Como podemos melhorar?” convidam as pessoas a se sentirem parte da empresa e da situação em que se encontram. Assim, elas se sentem mais lisonjeadas e proativas e, conseqüentemente, mais motivadas.
Utilizar um tom otimista. Utilize frases que se identifiquem claramente que você está confiante no futuro e que os objetivos estão sendo cumpridos, pois : “expressar confiança no futuro é muito mais útil para motivar do que condenar as faltas do passado”.
Esclarecer dúvidas. Convém, ao final de todo discurso, abrir um tempo para as perguntas. Siga a mesma linha de cumplicidade, procure responder a todas as questões e não utilize respostas evasivas.

Tente aproveitar o máximo de cada dica e faça de seu ambiente de trabalho o melhor possível! Pois, pessoas mais motivadas se relacionam melhor, produzem mais, tomam decisão mais rápidas, são mais criativas, mais comprometidas, mais felizes.
Com isso, tanto a empresa como você só tendem a crescer!

Sucesso!
Super beijo
Leila Navarro

Comente também via Facebook!

Comentários

Um comentário em “Lideres e gestores, todos temos que ser palestrantes motivacionais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free