Skip to main content








Gestalt X Empreendedorismo

Sou uma super fã e estudiosa da Terapia Gestalt, a terapia do dar-se conta.
Quem já leu meus livros, quem me acompanha e conhece minha trajetória reconhece, em muitos momentos, conceitos da Terapia Gestalt que fazem parte de minha filosofia de vida.
Já citei em mais de um livro a Oração da Gestalt, de Fritz S. Perls, que acho o máximo e que faz todo o sentido principalmente nos relacionamentos amorosos:

“Eu sou eu, você é você.
Eu não estou nesta vida para satisfazer as suas expectativas,
E nem você para satisfazer as minhas.
Se nos encontrarmos vai ser lindo,
Se não nos encontrarmos nada tem a fazer”

Estava em Leon, na Espanha, no final de dezembro de 2010, e não pude me conter ao ver este aviso na vitrine de uma loja de queijos. Fotografei, pois me lembrei da Oração da Gestalt e me dei conta que ate para os relacionamentos comerciais esta oração faz sentido.
Eu sou o comerciante, você é o cliente.
Eu estou aqui para satisfazer a sua expectativa.
“Mas abrimos a loja quando chegamos.
Fechamos quando nos vamos.
Se vier e não estivermos é porque não coincidimos”. Don Queso

A oração do comerciante de queijos vai em contradição à Oração da Gestalt porque ela desfavorece o encontro, como se ele somente existisse com hora marcada. Ela coloca condições que limitam a simples possibilidade do cliente entrar na loja.
Quando fotografei o aviso, a loja estava fechada. Voltei mais tarde porque queria comprar queijo e não coincidiu, ela permanecia fechada.
Temos que estar prontos para as coincidências.
E, para isso acontecer, temos que estar sempre abertos e disponíveis às oportunidades. Sabermos muito bem o que queremos, o que não queremos e estarmos alertas e presentes, pois esta é a única maneira de sermos nós mesmos e proporcionarmos muitos encontros e coincidências.

Aguardem novos encontros e coincidências em breve!

Comente também via Facebook!

Comentários

9 comentários em “Gestalt X Empreendedorismo

  1. Adorei Leila. Conheço pessoas que reclamam porque as oportunidades não aparecem. Mas são pessoas que não se lançam, não correm atrás, não se fazem visíveis no mundo. Daí fica muito mais difícil para que as boas oportunidades apareçam e possam ser aproveitadas!!!!!
    Beijos

  2. Leila, sou admiradora de seu trabalho e as viagens que fez e dividiu conosco esta experiência com entusiasmo e dedicação me transportou para estes momentos. Obrigada.

  3. Acredito que sorte é o encontro da preparação e da oportunidade, é muito importante estarmos abertos para esse encontro magnífico que a vida nos permite alcançar. Abraços Leila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free