Skip to main content








Quanto sua vida pesa?

Há um tempo assisti “Up in air” e adorei este filme. Ele mostra várias possibilidades de reflexão sobre o estilo de vida contemporânea, sobre carreira e mercado de trabalho, sobre mudanças, etc.. é um filme bem atual.

Mas o que quero comentar aqui nesse post é o tema das palestras do protagonista sobre o que levamos em nossas mochilas. Fiquei pensando sobre isso e revi um artigo que escrevi no início do 3° milênio, em 2000. Naquele momento havia 15 itens em minha lista de coisas imprencindíveis as quais acreditava teríamos que levar em nossa mochila  para realizarmos o Caminho da Vida, pelo Planeta Terra, no século XXI.

1) Tenha sempre por perto algum objeto que o faça lembrar alguma conquista importante e troque este objeto periodicamente. Cada nova conquista é uma nova injeção poderosa de motivação.

2) Faça um diário. Isso é autoconhecimento e aprimoramento pessoal também.

3) Faça pequenas mensagens de otimismo e espalhe pelo escritório ou casa, para animá-lo em momentos inesperados.

4) Istaure o seu Happy Day. Reserve um dia, regularmente, só para você fazer tudo o que você mais gosta.

5) Exercite buscar elementos nas pessoas e situações para elogiar. Buscar o lado positivo das coisas atrai coisas ainda melhores.

6) Expresse suas críticas entre dois elogios sinceros. Assim você muda seu comportamento e faz críticas construtivas.

7) Faça o curso gratuito de Planejamento Estratégico Pessoal, que esta em www.leilanavarro.com.br e eleve em até 80% as chances de você realizar os seus sonhos. Leia seu planejamento, ao menos, 2 vezes por semana.

8 ) Atenção com a sua postura. Sentar em posição ereta dá mais disposição para realizar tarefas.

9) Medite uma vez por dia e se permita “sonhar acordado”. Sonhar alonga a vida.

10) Respeite o meio ambiente. Não use a água e outros recursos naturais desnecessariamente.

11) Seja solidário, pratique pelo menos uma boa ação por dia, seja consciente desta tomada de decisão.

12) A responsabilidade social fortalece a motivação e a autoestima. Engaje-se em ONG’s e causas sociais.

13) Compartilhe ideias e opiniões, faça parte de redes sociais, respeite a posição das outras pessoas, mas não abra mão de seus convicções e valores. Não vale a pena.

14) Trabalhe e viva com bom humor, aprenda a rir de si mesmo. Isto integra as pessoas e traz harmonia ao ambiente profissional e pessoal.

15) Pergunte sempre. Seja curioso. Está é uma maneira de aprender mais, de se conhecer melhor e de demonstrar interesse pelas pessoas e pelo saber.

Depois de mais 10 anos  nessa caminhada me dei conta que posso sobreviver levando apenas uma pochete e um cantil para água.

O que por na minha pochete?

1) Ensine o que sabe (seja generoso), pratique o que ensina (seja ético) e pergunte o que ignora (seja humilde).

2) Pratique o relaxamento. Estresse e discernimento não combinam.

3) Desafie-se!  Use o bom senso, escute o coração e dispense a lógica sem culpas ou medos.

4) Viva um dia de cada vez. Aprenda o poder do agora.

5) E, por último, tenha claro o provérbio chinês que – “É como é e como é, é perfeito”.

E você? O que tem carregado na sua mochila? Ou na sua pochete?

Comente também via Facebook!

Comentários

8 comentários em “Quanto sua vida pesa?

  1. Infelizmente devido a crise financeira a qual estou enfretando, tenho carregado muitas tristeza e decepções. Mas lá no fundo,bem no cantinho da mochila,acredito q existe a ESPERANÇA de um dia melhor.

  2. Realmente acredito em tudo isso ,sei que nos seres humanos exageramos em tudo nesta vida sempre querendo resolver tudo do nosso jeito e não compreendemos o trabalhar de Deus em nossas vidas ,ficamos estressados com pouca coisa e não açeitamos aquilo que vem pra nós em momentos em que nos mesmos plantamos,temos muitos defeitos em não resignificar o passado ,mas sei que através de ajudas terapeuticas e ampliações de nossos pensamentos mudaremos pra melhor ,só basta deixar o peso como Jesus disse o meu fardo é leve e o meu julgo é suave,entao me sinto feliz qdo estou na igreja orando e entregando toda minha vida meus problemas em suas mãos e ele me direçiona o caminho que devo andar ,tenho me sentido bem melhor mas ainda preçiso trabalhar minha area de relaçionamento amoroso pois estou vivençiando um momento difiçil em relãção ao pai da minha filha de 7 anos já tem 3 anos que nos separamos e ele não assume direito sua responsabilidade de pai e não tem dado a pensão alimentiçia,sempre diz que eu só prejudiquei a vida dele e sinto que ele tem muita raiva de mim porque coloquei ele na justiça ,agora não vejo a hora de tudo isso se resolver não quero carregar este peso em minhas costas a vida toda o que eu faço,Leila me dá uma dica,bjs e um maravilhoso final de ano (já fui na radio mundial e sempre ouço seus programas qdo tenho tempo sou cabelereira e isto tem me ajudado muito ,sempre busco melhorar minha qualidade de vida)um forte abraço e sucesso em sua carreira.

  3. Às vezes colocamos coisas demais em nossa “mochila” e nem percewbemos o quanto isso nos atrasa ou cansa.
    Vou rever meus conceitos.
    Obrigado , Leila!

  4. Prefiro levar uma pochete carregada de coisas levíssimas pra minha vida. Te amo. “Minhas filhas chegaram pra mim nesse instante divergindo de quem levaria a mochila pesada para praia, foi legal ajudá-las a entender o que realmente PESA na vida” Obrigada!!!

  5. Pingback: URL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Spam protection by WP Captcha-Free